CAUTERIZATION: banda é destaque em site polonês.



Não é novidade que o CAUTERIZATION vem conseguindo cada vez mais espaço no mundo do metal extremo. Mesmo com apenas uma demo, o videoclipe de “Infernal Battlefield” ultrapassou a marca das 16 mil visualizações pelo mundo todo.


Resultado desta repercussão, recentemente o Cauterization chamou a atenção de um dos principais sites de metal extremo da Polônia: O Psychozine, que abriu espaço para que a banda contasse um pouco sobre seu trabalho em uma entrevista conduzida por Grzegorz Fijałkowski.

Confira abaixo alguns trechos da entrevista com a participação da vocalista Maysa Rodrigues:

Psychozine: Uma vocalista mulher que tambem toca guitarra é algo bastante raro na cena death metal. Há quanto tempo você toca guitarra? Quem te inspirou a tocar esse instrumento? Quais são seus guitarristas favoritos?

Maysa Rodrigues: É verdade, não é muito comum nos depararmos com mulheres a frente de uma banda de metal extremo. Ainda mais aqui no Brasil, que é um país envolvido por outros ritmos e tendências musicais. Eu estudei a guitarra por apenas 2 anos, mas eu já toco o instrumento a mais de 10 anos. É um tempo considerável, mas definitivamente eu nunca fui uma aluna muito dedicada. Eu tive a sorte de ter um bom professor e boas influências musicais. Hoje em dia, um guitarrista que me faz perder o fôlego com suas composições é certamente Dave Suzuki ex Vital Remains.

Psychozine: Recentemente, vocês lançaram o clipe da faixa Infernal Battlefield. De onde partiu a decisão de promover uma demo com um videoclipe? Normalmente bandas novatas não fazem isso...

Maysa Rodrigues: O vídeo-clipe começou a partir de alguns ensaios e capitações de cenas sem compromisso que acabou tomando proporções inimagináveis. A culpa toda é de Felix Marinho, que é um profissional brilhantemente notável. Em suma, nós não pensamos em um script, e não tinhamos qualquer equipamento profissional para a filmagem. Com tais adversidades que a ocasião nos trouxe, nós exploramos o local e tudo o que ele nos oferecia da melhor maneira que possivel, foi um grande improviso. Estamos absolutamente satisfeitos com o resultado, e sobre a repercussão, foi uma grande surpresa!

Psychozine: Para uma banda jovem, você já fazem muito, e conseguiram tocar com algumas bandas famosas. Como isso aconteceu? Como você se sente com essas performances? Está satisfeito com elas?

Maysa Rodrigues: É importante lembrar que não somos exatamente uma banda com foco nos shows. Nós trabalhamos, temos projetos, família, não é possível cair literalmente na estrada. Mas no dia a dia aparecem eventos que não podemos recusar! Nós dividimos palco com, Immolation, Incantation, Nocturnal Depression e nos próximos meses temos datas marcadas com Autopsy, Gorgoroth, KEEP OF KALESSIN e com o ícone do death metal brasileiro Krisiun. É sempre uma correria ser banda de abertura, mas é gratificante pisar no mesmo palco de bandas que você é fã e que acompanha o trabalho deles, é uma experiência inexplicavel.

Psychozine: Vocês certamente estão trabalhando em um novo material. Diga-me quando é que podemos esperar por mais um lançamento? Será outra demo ou um álbum de estréia?

Maysa Rodrigues: Estamos trabalhando em nossas novas faixas que irão compor o nosso primeiro full-length. É possível que seja lançada no início de 2013.

A entrevista completa (em ingles) pode ser conferida no link abaixo:


CAUTERIZATION
Contato para shows e Merchandising:

Sites Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas