OVERDOSE: Eterno na história do Metal brasileiro!


Um dos grandes destaques na explosão da cena do Metal em Minas Gerais, sendo uma das pioneiras do estilo no Brasil. O OVERDOSE juntamente com o SEPULTURA, influenciou a formação de grupos de Headbangers no grande movimento que cercava Belo Horizonte, na época (1985 precisamente) em que ambas as bandas lançaram o tão famoso e cultuado split álbum, “Bestial devastation-SEPULTURA/Século XX-OVERDOSE”. Este lançamento foi o responsável por tornar a cena da cidade, a mais extrema do país, com os ânimos chegando ao extremo de fãs do SEPULTURA, que representava os bangers de classe baixa, riscarem o lado do vinil que continha as músicas do OVERDOSE, que era visto por muitos como uma representação dos ricos. Portanto para muitos, os posers.
    Apesar destas repartições que ocorriam entre os banges, "Século XX" fez sucesso tem todo o país, proporcionando-os grandes e lotados shows que lhes deram a experiência necessária para lançar o segundo trabalho em 1987, "Conscience", de forma independente e que nos mostra a banda mais madura e técnica.
    Em 1989 de volta à Cogumelo Records, lançam "You're realy big", obtendo grande respaldo tanto no Brasil quanto no exterior, pelo seguimento mais Heavy Metal, mostrado tanto músicas quanto postura de palco a lá IRON MAIDEN, que era um prato cheio para muitos bangers na época.
Já em 1990, com "Addicted to reality", a banda deixa de lado o estilo mais popular do Heavy Metal, para adentrar a uma linha mais Thrash metal, com músicas mais rápidas, pesadas e complexas. No entanto, foi com "Circus of death" (1992), com uma linha similar ao anterior e considerado por muitos o melhor trabalho da banda, que obtiveram a primeira grande exposição mundial. Esta exposição viria a atingir seu máximo em "Progress of decadence" (1993), sendo este seu álbum mais famoso. "Progress of decadence", foi lançado mundialmente pela gravadora norte-americana Futurist, o que foi um grande passo para a banda.
    Como nem tudo são flores, infelizmente em 1995, eles lançam seu último registro nos Estados Unidos, "Scars", que ainda permanece inédito no Brasil. Nesta época, fizeram uma grande Tour mundial, promovendo o disco anterior.
Assim, o nome OVERDOSE ficará sempre marcado com forte escrita nas páginas do Metal brasileiro, e sempre devemos lembrar da sua importância para difusão do estilo por aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas