IMAGERY - The inner journey.


Eis aqui uma promissora banda no cenário do Rock progressivo nacional. Oriunda de Londrina (PR), a IMAGERY possui elementos necessários para agradar o ouvinte. Introduzir o álbum com uma música instrumental de mais de 4 minutos normalmente poderia ser meio arriscado a fazer o ouvinte ter um senso enfadonho da banda, mas não aqui. A ‘Fourth secret’ já é uma viagem por si só, com passagens complexas, harmonias bem equilibradas e variações de atmosfera. A ‘Imagery’ fornece a noção da fusão de progressivo e Metal que a banda pratica, sendo uma das mais marcantes. Uma das coisas interessantes é o vocal, que ao contrário de muitas bandas do estilo que os mesmos são mais suaves, tons às vezes muito agudos, aqui o vocal é mais grave, e deu um bom diferencial, além de ter se encaixado na dramaticidade das músicas.  A arte da capa e do encarte são também pontos altos na qualidade da IMAGERY, com uma capa belíssima e os detalhes sutis, porém, muito legais do encarte. As letras falam sobre o mundo atual, como as pessoas tem se escondido no seu mundo para fugir de todo o resto, e assim, criando-se um ciclo de egoísmo e perda de humanidade, que só pensam em se proteger, e para muitas outras isto se torna uma forma de impotência, e ao mesmo tempo há um incentivo para essas pessoas lutarem e encararem o que as consome por dentro, ou seja, um aprendizado para viver. ‘Start the war’ é uma das mais cativantes em “The inner journey”, assim como a belíssima ‘Show me’. Mas é com ‘Last’ que a banda fecha em grande estilo este trabalho, e digo que foi a que mais gostei, pois é uma explosão de técnica, versatilidade, feeling e uma verdadeira viagem, que lhe permite vários universos. Adeptos do estilo: procurem por “The inner journey” é satisfação garantida.

Por Écio Souza Diniz

Faixas:
1-Fourth secret
2-Imagery
3-Perception
4-Start the war
5-The rain
6-Show me
7-Stranger
8-Last


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas